Últimas postagens do blog / Ver todas

aL-MascaraCogu-Chelsea-Flowercrowns-01

Coroa de sereia: conheça a Chelseas Flowercrowns

| Moda | Sem comentários

As rainhas do mar vão adorar. Há quem ainda ame vestir uma coroa de flores colorida (que tempos atrás era febre, né?). E foi com flores, inclusive, que a australiana Chelsea Shiels começou a fazer suas coroas, pra cobrir uma cicatriz que possui na testa. As flores ainda estão no nome de sua marca, a Chelseas Flowercrowns, mas hoje perderam o lugar pras conchas e adereços e as incrivelmente lindas coroas de sereia. As coroas são feitas com conchas de verdade, que Chelsea compra de fornecedores ao redor do mundo. Um deles, inclusive, doa 30% para organizações que ajudam a…

aLagarta 21, SOLITUDE - making of

making of aLagarta 21 | Surpresas, desapego e solitude

| asEdições | Sem comentários

Com toda mudança, vem um tempo de reflexão. E nós não poderíamos defender o movimento slow mas ao mesmo tempo basear nossas escolhas na contradição e correr contra o nosso tempo. Percorremos um longo caminho desde a conceituação do tema SOLITUDE em meados de 2015, até a tomada de decisão de migrar para o impresso, a jornada do crowdfunding e de toda a produção da edição #21. Porém, hoje trabalhamos em um “plano b” – e isso não é um problema, mas sim uma nova oportunidade. aLagarta me ensina diariamente que desvios no caminho podem ser bons e que momentos…

aL-CoguNaturezaSolitude-01

A natureza da solitude

| asEdições | Sem comentários

A natureza é perfeita, inclusive a natureza humana — que tem sua base na mente humana que, por sua vez, tem um potencial incomensurável. O estado natural da mente é a calma, a paz e o vazio. E foi do vazio que surgiu a descoberta do tema que abordaremos na próxima edição da revista aLagarta: solitude. Isso aconteceu há mais de um ano atrás, em um momento de ócio criativo, contemplativo, do jeito que deve ser e durante o hiato da revista — nossa reclusão voluntária pensada estratégicamente para pesquisar, olhar pra dentro (e pra fora), inspirar, expirar e sentir….