Últimas postagens do blog / Ver todas

aL-MascaraCogu-LUSH-03-01

aLagarta em Londres: uma visita à LUSH da Oxford Street

| Beleza, Sustentabilidade, Viagens | Sem comentários

É impossível não se apaixonar pela LUSH. A marca de cosméticos tem uma proposta diferente de tudo o que a gente já viu – e nunca para de surpreender. Os produtos são 100% vegetarianos, 83% veganos, 60% sem conservantes e 38% livres de embalagens! E não pára por aí: dona de uma identidade visual super bacana, a LUSH está sempre inovando em seus produtos, conta a história de seus fornecedores e luta ávidamente contra os testes feitos em animais (infelizmente, ainda muito frequentes nessa indústria). A LUSH retornou ao Brasil em 2007 e hoje mantém lojas físicas em São Paulo…

Caixa Cosmo para produtores independentes

Viva o mercado independente! Conheça a Caixa Cosmo

| Sustentabilidade | Sem comentários

Eu sei, eu sei… Todo mundo tá falando! Mas a ideia é, de fato, tão bacana, que é impossível não apoiar e se empolgar junto. E se você ainda não conhece esse projeto lindo que é a Caixa Cosmo, tá na hora de descobrir! As caixas de assinatura surgiram junto com a necessidade de uma nova forma de consumir produtos de maneira geral. Funciona assim: você fecha um plano e recebe de tempos em tempos na sua casa uma caixa recheada de novidades, surpresas e descobertas. Existem várias, do mundo fit ao universo da beleza. Eu, pessoalmente, adoro propostas inovadoras…

aL-MascaraCogu-Transparencia-01

Distribuição de lucros transparente

| Making of, Sustentabilidade | Sem comentários

Desde a crise financeira de 2007/08 e principalmente com influência do movimento Occupy, observo e estudo modelos de negócios onde os lucros são distribuidos de maneira justa e transparente. Palavra que deriva de justiça, “justo” é algo que pede comprovações — ou seja, provas concretas — de que aquilo realmente foi realizado de forma honesta, íntegra e também transparente, onde todas as partes estão de acordo. Claro que o significado é muito subjetivo, com muitas variáveis. E apesar de cada um ter um entendimento diferente sobre  o que é justo, conseguimos ver de cara quando algo é ou não é….